#A DROGA DA IMAGEM

Nem Pedro Bandeira conseguiria escrever sobre uma droga tão potente quanto a Imagem. O homem cada dia mais se torna dependente dos seus olhos, cada dia mais escravo de reproduções da realidade em seu cérebro.

Uma droga antiga, moderna, cara, barata, rara ou disponível, as imagens atraem, seduzem, repelem, enojam ou simplesmente fazem parte da sua vida sem você ao menos se dar conta.

Experimente tirar o fone de ouvido pelo menos um dia na estação de metrô. Parace outro mundo. Experimente deixar seu carro na garagem e ir de ônibus para o trabalho. Praticamente se sentirá um marciano. Você já se acostumou com muitas imagens e outras não te fazem falta, desprezíveis, talvez inúteis.

Século vinte e um é sinônimo de bombardeio de imagens, luzes, ícones, logotipos, frases de impacto, 140 caracteres. O homem mergulhou no mundo dos códigos binários compactados e decifrados em microssegundos. Você nasceu neste mundo e sei lá em que mundo nossos filhos nascerão.

Você não tem dificuldade em assimilar informações que não são palpáveis, mas é “punk” com aquilo que não é visível. Neste ponto, entende-se porque a fé para as pessoas é algo insano. Deus não é palpável, tudo bem… mas se eu não ver, fica difícil de compreender.

Eis o paradigma da fé cristã. Eu não vi Jesus morrer na cruz, nem ressuscitar três dias depois. Como crer? Não vi os textos originais que produziram a bíblia, muito menos teria a capacidade de interpretá-los, como saber sua autenticidade?

Quando o cristão realmente tem um encontro com o Senhor, uma experiência de senti-lo no seu interior, algo totalmente pessoal e irreproduzível, passa a ter uma forma de observar as situações diferente do que seu estado inicial.

Passa a ter fé não pela origem, mas pelos resultados. Não viu Cristo, mas sabe o impacto que o evangelho tem na história do planeta e como as pessoas que realmente crêem tem experiências incríveis. Não tem a mínima idéia da autenticidade da bíblia, mesmo com tantas provas arqueológicas, mas quando lê e procura entender o sentimento das palavras, tudo faz sentido e produz indescritível bem estar.

Em Hebreus 11: 1, a bíblia diz: “A fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.” Note a ênfase no sentido da visão. Não falou de paladar, olfato, audição ou tato. Visão. Uma certeza provada, que não deixa dúvidas, de fatos que parecem nem existir fisicamente. Convicção só existe se você provar. Se experimentar a fé, terá condição de afirmar se o evangelho é uma loucura religiosa ou a verdade que liberta.

Eis o ponto final. A religião nada mais é do que a tentativa frustrada dos homens em criar imagens para descrever sua crença, seus deuses, seus heróis. Só que a fé verdadeira não tem imagens, é convicção do que não se vê. Por isso, as pessoas se frustram com as religiões, porque se espelham em homens, em imagens sacras, em divindades, em mitos e pior, algumas mitologias até permitiam os deuses cometerem erros para justificar os pecados dos mortais. Engraçado. Mas até o que não crê em nada é escravo de uma imagem, de um homem, de um filósofo ou de uma teoria científica.

A droga da imagem sempre estará à disposição no mercado, em diferentes versões e gerações. O quanto você consome é que faz a diferença. Talvez seja uma boa oportunidade para deixar o vício de lado e conhecer Jesus. Não aquele pendurado no madeiro, com o joelho arregaçado, com cara de menina, olhos azuis, cabelos molhados tipo “acabei de sair da ducha” e um coração no peito cheio de lanças, facas, fechas, envolto de uma coroa de espinhos… assustador! Falo de Jesus, o filho de Deus. Falo de Deus. Agora, o lance espiritual fica pra próxima!

abraço do seu companheiro de trincheira,

Pr. Daniel Tenuta

#CANTIGA DE AMIGO

Todo mundo tem um melhor amigo, alguém que realmente preze. Uma pessoa que participou das tuas maiores proezas, dos teus momentos difíceis, das tuas frustrações, tipo “brother” mesmo. Imagine agora que seu melhor amigo é um cara que você nunca viu. Você já ouviu muito sobre ele, até porque o rapaz é amigo de muita gente, mas você nunca o abraçou, ou viu ele comer aquele bolo da mamãe, ou viu ele beijar uma garota em uma festa, mas o cara estava presente em todos os momentos da sua vida.

A única coisa palpável que ele deixou é um livro maior que Harry Potter, que nem foi ele que escreveu, mas uns rapazes que andaram com ele de uma terra bem distante. Se você achou estranho o bastante, imagine que esse cara deixou a garota dele para você cuidar. Quem, em sã consciência, deixa sua mina, a mais gata de todas, morar com seu amigo? Imagina, aquela mina perfeita, sem ruga, sem estrias, sem celulite, sem remela no olho de manhã, sem bafo matinal, tudo na medida certa. E olha o detalhe: naquele livro diz que ele voltará, ninguém sabe quando, um lance meio misterioso, para resgatar a garota.

Eis aí tua responsa, mané! Tem que cuidar da mina do cara. E você sabe, essa mina não está só na tua responsa, mas também na de muitos outros amigos. E todo mundo quer fazer do seu jeito, sempre há discordância, e olha que teu amigo deixou no livro toda a direção e sabia que esta bagunça toda iria LIDERANÇA segundo a Visão Apostólica Renascer em Cristo 30 acontecer.

Mas o pior está por vir, caro leitor, amigo do peito, tem cara que tocou na mina. Sério! Teve uns que bateram nela, outros falaram um monte de asneiras para a mina, outros abusaram, seduzidos pela sua beleza, machucaram mesmo, levaram dinheiro de sua bolsa, colocaram umas roupas esquisitas… e ela chora. Você deve estar enfurecido, eu também estou, mas não adianta brigar com os caras, quando nosso melhor amigo voltar eles darão conta! Cabe a nós cuidar da garota, limpar os vergões, protegê-la ao máximo destes brutos ignorantes.

Mas não se irrite, tem uma classe de “amigos” piores! São aqueles que abandonaram a garota. Uns dizem que ela não existe, outros que não precisam dela, que basta ter o amigo no coração, há ainda aqueles que a deixaram com fome, outros que afastaram muitos amigos dela. É… ela se sente humilhada, triste e abandonada. Tem países que ela viaja que a rejeitam, outros ainda que antes a recebiam de braços abertos e hoje nem carimbam o passaporte. Os caras não sabem quem é a mina. É a princesinha, a nora do dono do pedaço. E o tiozinho tem mais que dinheiro, tem muito poder.

Sugiro construirmos muitas casas para que, quando nosso brother voltar, mais amigos participem da festa. Fala sério, amigo do peito, o cara merece. Ele sempre foi fiel, mesmo quando nós fomos infiéis. Mesmo quando saíamos de balada com seus inimigos, quando ficávamos alucinados, quando admirávamos as armas, o dinheiro, a força dos seus oponentes. Quando descobrimos o fim que teríamos, abandonamos tudo e seguimos o novo amigo. Alguém te apresentou? Pois é, precisamos apresentá-lo para mais gente, o cara é gente fina.

Lembra na montanha-russa? No hospital? No acidente de carro? Na hora do surfe? O cara estava lá… E, fala sério, a mina dele tem palavras muito bonitas, toda vez que eu a encontro, eu saio renovado. Vamos visitá-la mais vezes. Acho que por isso que na idade média, as cantigas de amigo portuguesas eram escritas do ponto de vista feminino, mesmo sendo assinadas por pseudônimos masculinos. É que ninguém sabe falar melhor do amigo do que sua mulher.

Pr. Daniel Tenuta

#AMOR SEM FRONTEIRAS!


Nunca em toda história deste planetinha de 5 bilhões de anos o homem desenvolveu-se tanto em sociedade e nunca viveu tão sozinho. Estranho? A reflexão nos conduz a esta conclusão, mas estamos tão acostumados a viver desta forma que nada mais faz diferença, o que importa para mais de 6 bilhões e meio de pessoas é cumprir seu papelzinho barato na terra, outros coadjuvantes, outros protagonistas, maioria figurantes.

Mas a terra não é apenas um planetinha minúsculo que compõe um sistema de uma estrela de quinta grandeza em um braço chamado Orion na Galáxia Via Láctea. Ela é uma fórmula celestial de vida abundante que Deus projetou aos homens a possibilidade de cumprir a vontade dEle e, assim, o homem pode alcançar a vida eterna com sua recompensa.

Por isso, em Romanos 12: 2 diz: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Esse é o segredo para que todos nós de meros figurantes, coadjuvantes ou protagonistas tenhamos um papel eterno nesta jornada que é a vida.

Não importa o que você seja, ou que você faz, o mais importante é que todos teremos um grande papel na eternidade, mas tudo depende de como você atua aqui na Terra. Não se conformar significa não tomar a forma deste século, não se limitar as leis naturais impostas pela natureza humana. Ser espiritual é abrir-se para ouvir a voz de Deus, realizar obras que provem a sua fé e amar acima de todas as coisas.

O potencial de amor é o diferencial nesse mundo frio e sujo que vivemos. Amar nos faz pensar em nossas atitudes e como deixaremos a terra para nossos filhos. Amar é entender que precisamos deixar uma igreja forte para o futuro, não nos limitarmos às hipocrisias dos homens, das placas, das divisões e dos egos. Amar transforma vidas, amar não constrói para si mesmo, mas para todos. Amar é ouvir, é dar atenção, é dedicação, é lembrar que nós somos humanos e que precisamos uns dos outros.

Viver em sociedade, viver sozinho.
Viver na Igreja, viver o amor de irmãos. Daqui eu não saio, jamais.

Pr. Daniel Tenuta

#Tempo Real _ @o2church